• Luis Fernando Julio

Tema o " Barba" !

Mesmo sendo criticado por fãs e especialistas, o “ Barba”, como é conhecido, é o melhor cestinha da NBA.

Crédítos: Forbes.com


Desde 2017 James Harden vem mostrando total capacidade de ser o melhor cestinha de toda a liga, e em 2018 toda essa capacidade ficou mais evidente ainda com a brilhante temporada que este ala-armador fez, sendo coroado ao fim da temporada com o prêmio de MVP. Mas foi em 2019 que o “ Barba” sacramentou e decretou que sim, no quesito pontuação, não tem disputa, ele é sim o melhor.

Além de terminar a temporada com 2818 pontos, tendo média de 36,1 pontos por jogo, Harden se tornou o primeiro jogador de toda a história da NBA a anotar, no mínimo, 30 pontos contra todas as equipes da liga, e além de tudo isso, em nove ocasiões, James Harden anotou 50 pontos ou mais, e ainda por cima teve 32 partidas seguidas com mais de 30 pontos, nada mal não é? Porém não foram só as estatísticas que foram assustadoras, mas sim a forma que ele obteve todas elas, o ala-armador mostrou ser totalmente imparável no 1 contra 1, com dribles totalmente imprevisíveis, rápidos, com um step-back encantador e sem chance de ser marcado, além de um poder de infiltração que quase nenhum jogador de toda a NBA tem igual.

Mesmo não tendo sido o MVP da temporada 2018/19, prêmio dado para Giannis Antetokounmpo, que foi impressionante e liderou a equipe do Milwauke Bucks ao melhor recorde da liga, James Harden foi para muitos o melhor jogador da temporada, e para o autor que vos fala, foi nessa temporada em que ele se tornou o melhor jogador ofensivo de toda a liga e um dos maiores de toda a história.


Créditos: Otempo.com.br



Antes da pausa da NBA por conta do COVID-19, James Harden vinha tendo mais uma temporada ofensiva incrível, tendo basicamente 34,4 pontos de média, isso mesmo, mais uma vez pode terminar uma temporada com mais de 30 pontos de média por jogo, então é mais do que fato que esse homem (se é que pode ser considerado humano) é o melhor cestinha de toda a NBA, e um dos melhores jogadores ofensivos de toda a história da maior liga de basquete do mundo. Então ao invés de criticá-lo por achar que ele só cava faltas, só pontua por conta de lances livres, ou que individualiza muito o jogo, que tal sentar e aproveitar ao máximo o privilégio que estamos tendo em poder assistir James Harden em ação.

2 comentários