• Igor Castro

Seleção dos melhores da divisão AFC Norte da NFL



Seguindo a série de textos elencando os melhores atletas de cada divisão da NFL, a coluna de hoje vai voltar a falar da Conferência Americana, desta vez o foco será na divisão da AFC Norte, que tem Baltimore Ravens, Cincinnatti Bengals, Cleveland Browns e o Pittsburgh Steelers. Nos últimos anos, essa divisão vem tendo como protagonistas, Ravens e Steleers, já que Bengals e Browns em meio a tantas mudanças e nem sempre dão certas, acabam sendo pressas fáceis aos outros dois rivais mais fortes na divisão.


O Ravens foi o que teve a melhor temporada da AFC Norte, o time teve 14 vitória e duas derrotas e teve um dos melhores ataques terrestre da NFL, sob a liderança do quarterback Lamar Jackson. Porém nos playoffs, a equipe decepcionou e foi eliminado pelo Tennessee Titans. Já o Pittsburgh Steelers, tinha tudo para ir bem na temporada, mas com a lesão de Ben Roethlisberger o time sucumbiu e mesmo com uma defesa forte não conseguiu ir aos playoffs.


Contudo, se Ravens e Steelers a gente pode prever que eles vão comandar mais uma vez a divisão, caberá a Browns e Bengals a mudar o rumo dessa história, mesmo que estejam em reconstrução, ambos tem que demonstrar algo que os capacite em um futuro próximo para disputar com Steelers e Ravens quem fica com a divisão. Ao menos na temporada passada, o Browns teve uma expectativa boa, mas essa não se realizou, já o Bengals expectativas boas já não se pode contar. Com isso dito, vamos aos selecionáveis:


Quarterback: Lamar Jackson (Ravens)

Running Backs: Nick Chubb (Browns) e Mark Ingram (Ravens)

Wide Receivers: Odell Beckham Jr (Browns), AJ Green (Bengals) e Juju-Smith Schuster (Steelers)

Tight End: Mark Andrews (Ravens)

Offensive Tackles: Alejandro Villanueva (Steelers) e Ronnie Stanley (Ravens)

Center: Maurkice Pouncey (Steelers)

Offensive Guards: David de Castro (Steelers) e DJ Fluker (Ravens)


Menções honrosas: Joe Mixon (RB do Bengals), Jarvis Landry (WR do Browns), James Conner (RB do Steelers) e Orlando Brown (OT do Ravens).



Se você quer um forte ataque terrestre, essa seleção da AFC Norte fará grandes estragos contra os adversários. Tanto Chubb quanto Ingram são exímios corredores e ganham muitas jardas após o contato, fora que tem o Lamar Jackson que pode fazer algumas gracinhas correndo. No ataque aéreo, os três selecionáveis são grandes jogadores, mas então em um momento ruim na carreira. Mas na próxima temporada, com mudanças nos ataques, eles sim poderão render mais e até surpreender com ótimas atuações


Na linha ofensiva, Ravens e Steelers dominaram as escolhas. Não por acaso, as duas franquias tem os melhores atletas no setor, e grande maioria já até disputou ou foi indicado um Pro Bowl. Com uma linha boa e running backs explosivos, o sucesso para o jogo terrestre é inevitável. Fora que, a proteção sobre o quarterback tende a ser uma das melhores da liga. E se por algum acaso, os wide receivers não ajudarem, o tight end poderá ser o grande diferencial. Mark Andrews teve uma temporada incrível pelo Ravens e tende a continuar peça chave nesse ataque dos corvos.


Depois de esmiuçar sobre ataque, agora vamos falar das defesas da AFC Norte. Se tem uma coisa que pode equilibrar as franquias dessa divisão é certamente seu setor defensivo. Da linha defensiva à jogadores de secundária, cada equipe tem um talento interessante a ser destacado. Com exceção do Bengals, que tem uma defesa em reformulação e tende a ser a mais fraca da divisão, as demais podem gerar estragos aos ataques


No Ravens o front seven fica forte, com a chegada do Calais Campbell via troca com o Jacksonville Jaguars. A única baixa é o do safety Earl Thomas, que por problemas disciplinares, o Ravens rescindiu seu contrato. No Steelers, temos um pass rusher muito interessante, com TJ Watt e Cameron Heyward como destaques da defesa, tanto que Heyward teve seu contrato estendido recentemente com os Steelers. No Browns, temos Myles Garrett e o recém chegado Oliver Vernon para serem os pressionadores de quarterbacks e podem ser uma das melhores duplas na liga. Dito isso, vamos aos selecionáveis:


Defensive Lineman: Cameron Heyward (Steelers) e Gino Atiks (Bengals)

Edges: TJ Watt (Steelers) e Myles Garrett (Browns)

Linebackers: Devin Bush (Steelers) e Patrick Queen (Ravens)

Cornerbacks: Marlon Humphrey (Ravens), Marcus Peters (Ravens) e Jimmy Smith (Ravens)

Safetys: Micah Fitzpatrick (Steelers) e Ronnie Harrison (Browns)


Menções honrosas: Olivier Vernon (Edge Browns), Matthew Judon (LB do Ravens), Bud Dupree (LB Steelers) e Carl Lawson (Edge do Bengals).



E para surpresa de zero pessoas, Ravens, Steelers e Browns dominaram a seleção da AFC Norte. Ao menos, um representante cada uma tem, e olha que são talentos absurdos e que tem chances de atuar em alto nível em qualquer franquia da liga. Se você quer pressão, você vai ter de todos os lados, seja pelo meio ou pelas pontas, combate ao jogo terrestre, um excelente dupla com Bush e Queen e uma secundária de botar medo, com o trio de cornerbacks do Ravens, Fitzpatrick e o recém chegado Ronnie Harrison cobrindo o fundo do campo.


O Bengals ainda assim não fez feio, conseguiu indicar um selecionável. Contudo, pode-se dizer que apesar da reformulação, o Bengals tem nomes interessantes além de Atkins. Temos o Carl Lawson, Carlos Dunlap, D.J. Reader, Sam Hubbard e Shawn Williams. Ou seja, mesmo que tenha uma defesa com alguns buracos e com muitos talentos a serem desenvolvidos, a defesa do Bengals tem vários craques que merecem ser reconhecidos e são fatalmente pro bowlers.


Com tudo isso posto, na próxima coluna irei selecionar os melhores da AFC Sul, que tem Jacksonville Jaguars, Indianapolis Colts, Tennessee Titans e Houston Texans. Até lá deixo o meu até breve.