• Gabriel de Campos

10 regras da NFL que você não conhece

Você sabia que dá para pontuar após pedir um fair catch? Ou que é possível fazer uma nova campanha de ataque logo depois de anotar um touchdown? Pois é...

Neste texto trago dez situações de jogo do futebol americano que poucas pessoas conhecem.


Imagem profootballtalk.com

1. Drop Kick

O Drop Kick é uma opção alternativa para chutar um field goal ou um punt.

Para executá-lo o kicker deve soltar a bola e, assim que ela quicar, dar o chute.

Essa jogada é raramente utilizada hoje em dia. No princípio a bola de futebol americano não tinha a forma oval que conhecemos atualmente. Por ela ser mais arredondada a precisão do chute era bem maior.

Mesmo assim é uma regra que continua presente no livro de regras da NFL.

Vídeo de um drop kick:

https://www.youtube.com/watch?v=EMfaavF1R3E


2. Snaps entre as pernas do quarterback

O quarterback deve ser o primeiro jogador a tocar na bola após o snap. São raríssimas as vezes em que o quarterback está em uma formação onde fica mais próximo do center (uma I formation ou singleback...) e a bola passa por entre as pernas dele antes do mesmo conseguir tocá-la. Caso isso aconteça os juízes marcam False Start e penalizam o ataque com um retrocesso de cinco jardas.


3. Chute de Fair Catch

Após pedir um Fair Catch, a equipe que recebeu a bola tem duas opções. A mais conhecida é a do time de ataque entrar em campo e iniciar a campanha ofensiva a partir do ponto onde o retornador pegou a bola. A segunda opção é o Chute de Fair Catch. Nele a bola deve ser posicionada no exato ponto onde o retornador pegou a bola e o kicker deve chutá-la entre as traves do field goal valendo 3 pontos. Em uma jogada onde a bola é devolvida e o time que a recebe não tem tempo para realizar uma campanha de virada, se o chutador tiver força e precisão, ele pode tentar somar três pontos no placar de sua equipe. O time adversário tem que dar uma distância de 10 jardas para que o kicker possa realizar o chute.

Se você acompanhou a temporada passada, talvez se lembre do jogo entre Carolina Panthers e Tampa Bay Buccaneers onde os Panthers fizeram essa jogada antes de ir para o intervalo.

Curiosidade: eu estava lá! Quando os Panthers chamaram a jogada de fair catch kick, ficamos todos nos entreolhando sem entender o que estava acontecendo.

Vídeo do chute de fair catch do jogo entre Panthers e Buccs:

https://www.youtube.com/watch?v=U8xszQcMEFw


4. Proibido usar seu quarterback titular

Há uma regra que proíbe a equipe que substituiu seu quarterback titular, colocá-lo no jogo novamente. Calma que tudo vai fazer sentido.

Se o Head Coach escala seus três quarterbacks e coloca o segundo reserva em campo, na regra é considerado que o jogo já estava ganho e o treinador está poupando seu titular. Assim que o terceiro quarterback entra em campo, os outros dois não podem substituí-lo


5. Vários field goals de uma vez

Normalmente se a equipe erra o field goal, o oponente inicia sua campanha de ataque a partir do ponto onde a bola estava. Porém dá para ter mais chances de field goal.

Como eu tinha dito; normalmente a bola é devolvida, mas se a equipe que está chutando tenta o field goal na primeira descida, ela tem direito a mais três jogadas onde pode tentar mais três chutes se necessário.

Essa é uma jogada rara de se ocorrer, geralmente é feita quando o time está com receio de ser bloqueado ou de errar.


6. Timeouts consecutivos

O Head Coach não pode pedir timeout em hipótese alguma duas vezes seguidas no mesmo período de "bola morta". Caso ele ainda não leu esse texto e pede dois tempos de uma vez, sua equipe é penalizada por conduta antidesportiva e volta quinze jardas.

É permitido que um técnico peça timeout e o oponente logo em seguida faça o mesmo.


7. Perda automática de cara ou coroa

No início do jogo e da prorrogação há uma disputa de cara ou coroa para decidir quem começa com a bola. Se um dos times não chegar a tempo, ou se os capitães não estiverem presentes e devidamente uniformizados a outra equipe é automaticamente a vencedora da disputa de moeda. Essa reunião no centro do gramado deve acontecer três minutos antes da partida iniciar.


8. Posse de bola depois de pontuar

O time sofre a pontuação tem o direito de escolher se quer receber a bola para atacar ou se quer devolver a bola para o adversário tentar pontuar novamente. Caso a equipe que sofreu a pontuação decida ceder sua posse de bola, o oponente tem a opção de recusar a oferta.


9. Tentativas consecutivas de Onside Kick

Se a sua equipe tentar um Onside Kick e a bola sair do gramado sem tocar em nenhum jogador, uma segunda chance é concebida à equipe que tentou o chute. Caso erre as duas tentativas, o time sofre um "strike out", ou seja, perde a chance de tentar o chute do desespero.


10. Jogada de um ponto (não é o extra point)

Essa jogada é chamada de "Safety de um ponto". É uma situação que só acontece quando a bola é colocada em jogo em uma jogada de extra point ou conversão de dois pontos, seja em um fumble ou em um chute bloqueado. se abola é recuperada e o jogador que a possui é derrubado dentro da própria endzone, é dado o Safety de um ponto. Essa jogada não acontece na NFL desde 1940 pois foi excluída do livro de regras da liga. Só há pontuação se ocorrer em uma partida universitária ou de ensino médio.

Caso aconteça na NFL, a bola apenas muda de lado.

Jogo de college em que ocorre o safety de um ponto:

https://www.youtube.com/watch?v=jp4TeP4rw0s


Eu tenho certeza que pelo menos uma dessas regras você não conhecia! Compartilhe com o seu amigo(a) que também gosta de futebol americano, tenho certeza que o(a) deixará surpreso(a).

Por Gabriel de Campos

Me siga no Instagram em @hailmarybrasil e no Twitter em @hailmarybr

  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle