Preview 2020: Defesas – AFC East

Atualizado: Ago 15

Quantas vezes já vimos a defesa de um time definir o destino de um time em um jogo importante? Costumam dizer que o ataque é capaz de vencer jogos, mas a defesa tem o poder de decidir o campeonato. Já vimos também times que em uma temporada não possuía uma boa defesa e isso custou caros pontos, mas que então no ano seguinte voltou com força total e surpreendeu os torcedores.


No geral, os fãs da bola oval tem suas defesas favoritas. Mas, colocando todos os times em pauta, quem tem a melhor equipe defensiva? Quais são os pontos fracos e fortes de cada time? Vamos começar agora com a AFC East!



Buffalo Bills

O time tem uma defesa criativa que atrapalhou a vida de alguns quarterbacks na temporada passada. No comando de Sean McDermott, o head coach do time conseguiu manter sua defesa uma das mais consolidadas nos últimos anos, mas não é pra menos, ele foi responsável pela defesa do Carolina Panthers na temporada que chegou ao Super Bowl.


O Bills estava no top 5 das melhores defesas da liga em ceder touchdowns aéreos aos seus rivais, e no top 10 times que conseguem mais evitar jardas terrestres dos seus adversários. O time tem defensive tackles responsáveis por muitos sacks, como Jordan Philips, linebackers excelentes no tackle, dando destaque para Matt Milano e seu colega de time Tremaine Edmunds e o cornerback Tredavious White que totalizou 12 interceptações até agora.


Nessa temporada, o Buffalo Bills teve uma perda importante para sua defesa, o linebacker Lorenzo Alexandre. Ele tinha bastante destaque na liderança da equipe, levando-a para os playoffs em duas temporadas. Apesar disso, o restante do elenco defensivo é jovem e talentoso, ponto importante para que a defesa se mantenha consolidada e faça o torcedor sonhar com um futuro brilhante.


Miami Dolphins


Em 2019, o elenco do Dolphins foi um dos mais fracos, mesmo com Brian Flores tentando fazer milagre com o que tinha disponível. Acumulando 11 derrotas ao final da temporada, vemos que apesar do ataque também não funcionar, uma defesa fraca cede muitos pontos para o adversário, como na primeira semana onde o Baltimore Ravens ganhou de 59 a 10, e na semana seguinte com o New England Patriots não foi muito diferente, 43 a 0 para o time de Boston.


Entretanto, para a temporada de 2020, o Miami Dolphins parece que vai mudar o status de elenco frágil. Um dos principais reforços já foi ao Super Bowl e veio do rival de divisão, o Patriots. Para essa temporada o Dolphins adquiriu o Kyle Van Noy (LB – Ex Patriots), Byron Jones (CB – Ex Cowboys), Emmanuel Ogbah (DE – Ex Chiefs), Shaq Lawson (DE – Ex Bills) e Ted Karras (C – Ex Patriots). Isso na Free Agency, porque no Draft a equipe trouxe mais cinco jogadores defensivo para ajudar na reestruturação.


Um grande trabalho vem sendo feito no Dolphins para melhorar, mas ainda não será uma defesa de elite, haverá grande melhora, mas é um projeto para se desenvolver pra daqui duas ou mais temporadas.


New England Patriots


A defesa do Patriots veio melhorando nos anos passados, mas ganhou destaque maior na última temporada, sendo uma defesa bem dominante em relação aos adversários. Olhando no histórico de jogos do ano passado, notamos que a defesa cedeu poucos pontos, sendo em média 14 por partida e em algumas o outro time não chegou nem a pontuar.


O problema é que para a temporada de 2020, o time sofreu uma baixa nesse quesito. O Patriots perdeu dois grandes nomes para o Dolphins, os linebackers Kyle Van Noy e Elandon Roberts. E Jamie Collin, linebacker também, que foi para o Lions. Apesar do time ter adquirido reforços para as posições, outra questão vem para prejudicar a defesa: o cenário da covid. Com a possibilidade de optar por não jogar a temporada, o time perdeu dois jogadores de peso que preferiram se ausentar, o linebacker Dont’a Hightower e o safety Patrick Chung.


É muito provável que o time caia de posição das melhores defesas da liga, mas vale lembrar que mesmo com o front desmontado, a secundária ainda é boa.


New York Jets


Por algum tempo a defesa enfrentou problemas e era facilmente derrubada por grandes jogadas do ataque adversário, porém, Gregg Williams, coordenador defensivo, conseguiu dar um pouco de vida para a defesa. Na última temporada, o time não contava com uma abundância de talentos defensivos, ainda mais com as lesões dos linebackers C.J Mosley e Avery Williamson, mas o time conseguiu terminar a temporada como a sétima melhor defesa da liga.


O principal problema é que, mais uma vez, o Jets terá que lidar com a ausência de C.J Mosley já que o jogador optou por não jogar por conta da covid-19. E além disso, a defesa também irá sofrer com a perda do seu líder, Jamal Adams, que foi para o Seattle Seahawks. Apesar da extrema competência de Gregg Williams, o time têm muitas deficiências.