• Rafael Sant'Ana

Padres vencem os Rangers em dia histórico para a franquia

Pelo terceiro jogo seguido, a equipe de San Diego rebateu um Grand Slam, feito que não acontecia há muito tempo


Denis Poroy/Getty Images

O ataque do San Diego Padres está pegando fogo. Liderados por Tatís Jr. e Manny Machado, o time venceu mais uma vez o Texas Rangers, numa série marcante para os donos da casa. No primeiro jogo, uma polêmica foi criada após Fernando Tatis Jr, o destaque dos Padres, rebater um Grand Slam quando a contagem estava 3-0.


Falta de respeito?


Essa é uma daquelas regras não escritas do beisebol que, quando alguém quebra, é visto como um sinal de desrespeito. Os técnicos das duas equipes concordaram que a postura de Tatís não foi a adequada, mas Trevor Bauer, arremessador do Cincinnati Reds, declarou no twitter que apoiava o jogador e quem estava errado era quem ainda defendia essa suposta regra. Por fim, o rebatedor de San Diego acabou se desculpando pelo ocorrido.


No segundo jogo, Will Myers repetiu Tatís Jr. e também rebateu um Grand Slam (dessa vez não numa contagem de 3-0). Os Padres ganharam por 6 a 4 e alcançaram a segunda vitória consecutiva. Nesse dia, o dominicano de 21 anos empatou na liderança de bases roubadas com outros cinco jogadores, incluindo seu companheiro de equipe, Tommy Pham.


Momento histórico


Ontem, 19 de agosto de 2020, foi o dia que os Padres alcançaram uma estatística rara na MLB e, principalmente, na Liga Nacional. E ainda o fizeram do melhor jeito possível: em um walk-off. Fernando Tatis Jr. chegou ao seu 12º HR da temporada, num jogo em que os mandantes não conseguiram alargar a vantagem de 2 a 1. San Diego sofreu o empate de Texas na 9ª entrada e precisou recorrer a uma entrada extra para passar pelos Rangers.


Na parte alta da décima, os visitantes chegaram a conseguir uma corrida, impulsionados pelo corredor na segunda base, mas os Padres não estavam muito dispostos a perder a invencibilidade. Após Jackson Profar começar numa posição de marcar, Trent Grisham e Tatis Jr. andaram, lotando as bases.


Eis que veio Manny Machado, o jogador que todo torcedor de San Diego espera que resolva os jogos. E foi exatamente o que ele fez. Um Grand Slam para o campo esquerdo que deu a terceira vitória seguida para a equipe, a melhor sequência da temporada.



Um time da MLB não rebatia um Grand Slam em três jogos seguidos desde o Chicago White Sox em 2006. Se esse já é um dado impressionante, atenção para o próximo: desde 1895, um time da NL (Liga Nacional) não mandava bolas para fora com as bases cheias em três jogos seguidos, façanha atribuída aos Cleveland Spiders. A partir de agora, a equipe de San Diego pode seguir a temporada sabendo que estão na história dos majors.


Dados fornecidos por MLB.com