• Gabriel de Campos

Os Packers jogaram muito bem, ou os 49ers jogaram muito mal?

O Thursday Night Football foi conhecido por ser a revanche da final da NFC da temporada passada. Nesta final os 49ers venceram os Packers por 37x20, atropelaram os cabeças de queijo no jogo corrido e garantiram a passagem para o Super Bowl.

Ontem foi a oportunidade para o Green Bay Packers retribuir.


Os Packers vêm de uma derrota contra os Vikings, uma derrota que nos provou a extrema dificuldade para dar tackles em um running back e parar o jogo corrido.

Os 49ers também sofreram uma derrota divisional, perderam para os Seahawks por 37x27. Um jogo de placar mentiroso, o domínio estabelecido pelos Hawks durante toda a partida foi claro. Os 49ers somente pontuaram quando o jogo já estava praticamente ganho.


As lesões na equipe de San Francisco estão em um crescimento exponencial. Os grandes nomes que compõem a equipe estão todos lesionados. George Kittle, Jimmy Garoppolo, Raheem Mostert, Brandon Aiyuk são alguns dos nomes ofensivos que desfalcaram a equipe.

Defensivamente o pass rush segue sofrendo com a falta de Nick Bosa, na medida do possível a secundária fez um bom jogo

Os Packers também não contavam com o elenco completo. A princípio Jamaal Adams e A.J Dillon eram os running backs principais para a partida, ambos foram infectados pelo vírus da COVID-19 e tiveram que se afastar. A sorte dos Packers foi o retorno de Aaron Jones; não havia uma previsão concreta para o volta do jogador, no entanto Jones se sentiu bem para ir para o jogo.

O LT David Bakhtiari também é um grande desfalque na linha ofensiva de Green Bay. Na defesa Kyrs Barnes, Kevin King e Jaire Alexander são os jogadores lesionados que mais fazem falta para os Packers.

imagem via usatoday.com

Como foi a partida?


O ataque dos Packers jogou muito bem. Aaron Rodgers fez uma excelente partida, 25 passes completos de 31 tentados (80.6% de aproveitamento), 305 jardas, 4 touchdowns e nenhuma interceptação. Nos passes em profundidade foram 4 completos de 6 tentados, 171 jardas e dois touchdowns. O quarterback lidera a NFL com 20 passes em profundidade completados e 774 jardas totais no quesito.

A conexão de Rodgers com Davante Adams está sendo incrível, sua versatilidade permite alternar sua posição para slot receiver (alinhado entre o último jogador da linha ofensiva e o wide receiver na extremidade do campo) e para flanker (alinhado atrás da linha de scrimmage) se necessário.

Nos 6 primeiros jogos de Adams na temporada foram 53 recepções, 674 jardas e 8 touchdowns. É o primeiro jogador na era Super Bowl a ter mais de 50 recepções, mais de 600 jardas e mais de 8 touchdowns nos 6 primeiros jogos da temporada. Além disso, é o segundo jogador que, em uma única temporada, chega a marca de 3 jogos com 10 recepções para 150 jardas e pelo menos um touchdown recepcionado. Somente Calvin Johnson fez o mesmo, em 2012.


Os 49ers não conseguiam ter sucesso com Nick Mullens passando a bola. É um jogador com extremas dificuldades de leitura defensiva e que fica olhando para o local onde irá passar a bola, isso é uma ajuda e tanto para a defesa. O tempo levado pelo jogador antes do snap para ler a cobertura é enorme, muitas vezes tiveram que pedir timeouts para não tomar falta de delay of game. Essa dificuldade coloca os 49ers em um patamar ainda menor.

Os desfalques eram tantos que o recebedor Richie James fez 169 jardas totais, isso é mais do que todas as jardas conquistadas pelo jogador na temporada 2018 e 2019 somadas.


Os Packers jogaram bem e os 49ers muito mal. San Francisco não aproveitou o grande defeito da defesa dos Packers, evitar corridas. Mullens tentou 35 passes, deveriam ter aproveitado para correr mais com a bola.

Ter um quarterback muito inexperiente no comando irá prejudicar bastante os 49ers, mais do que já prejudicou. Acho viável articular uma troca com outra equipe por um quarterback melhor, no momento Matt Ryan é a melhor opção. Enviar algumas escolhas de draft e um jogador comum, medíocre, pode ser uma boa saída.

Green Bay segue em um nível parecido com o da temporada passada, problemas com boas opções para receber passes e linebackers fracos. O pass rush ainda é bom, mas não na mesma força que estava na temporada anterior. O coordenador defensivo, Mike Pettine, vem sendo um empecilho para a defesa dos Packers.

Para ter um melhor desempenho é necessário resolver estes problemas e os jogadores lesionados devem retornar saudáveis.


Concluo dizendo que os Packers jogaram bem, não foi apenas o demérito dos 49ers que deu a vitória para Green Bay. Aaron Rodgers, Davante Adams e Aaron Jones formam um trio muito perigoso para qualquer defesa, fizeram por merecer!


por Gabriel de Campos

Me siga no Instagram em @hailmarybrasil