• Maria Clara Marin

O julgamento do Antonio Brown


Desde 2017, Antonio Brown já estava envolvido em polêmicas, coisas pequenas, como vazar um vídeo onde o treinador do Steelers – time onde Brown jogava na época – falava mal dos próximos adversários, o New England Patriots; problemas com o seu quarterback, Ben Roethlisberger e uma série de polêmicas envolvendo sua passagem pelo Raiders.


E hoje saiu o julgamento sobre o mais recente e grande acontecimento onde ele se envolveu com roubo e agressão em janeiro deste ano, em um incidente com uma empresa de mudança. Antonio Brown vai cumprir dois anos de liberdade condicional, terá 100 horas de trabalho comunitário e um programa de 13 semanas de tratamento de raiva.


Ainda há a possibilidade dele passar por avaliação e tratamento psiquiátrico caso seja necessário. Antonio Brown pode viajar apenas por questões profissionais, mas ele segue suspenso por tempo indeterminado da NFL.


No ano passado, Brown foi acusado de agressão e estupro, em três ocasiões diferentes entre 2017 e 2018. A liga ainda investiga o caso e as mensagens ameaçadoras à mulher, que é sua ex preparadora física.


  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle