• Gabriel de Campos

De onde os Chiefs conseguiram tanto dinheiro?


imagem via pinterest.com

Patrick Mahomes, Chris Jones e Travis Kelce renovaram seus contratos com o Kansas City Chiefs nessa offseason. O que gerou muita dúvida nos fãs da bola oval foi o fato de a equipe ter chego a 177 dólares de espaço em sua folha salarial e mesmo assim ter renovado com os principais jogadores de seu elenco.

Seguindo a ordem cronológica das renovações contratuais, começamos pelo contrato de Patrick Mahomes.

Mahomes fez uma renovação de 10 anos, US$450 milhões, US$10 milhões de bônus de assinatura e US$141,481,905 milhões garantidos.

Chris Jones foi a segunda grande contratação, o jogador renovou por mais 4 anos, US$80 milhões e US$60 milhões garantidos.

Travis Kelce foi a grande renovação mais recente custando para a equipe um contrato de 4 anos, US$57,2 milhões e US$28 milhões garantidos.


Dadas as informações contratuais de cada um dos atletas, vamos entender como foram organizados os pagamentos anuais. Caso tenha dúvidas de como é o salary cap da NFL, em um texto onde comento a renovação de George Kittle há um trecho especificando funcionamento do teto salarial da liga (clique aqui para conferir).


Veja como não foi mágica nem bruxaria


É importante destacar a boa vontade dos jogadores para compreender a organização dos pagamentos. Os mesmos concordaram em deixar de receber seus pagamentos seguindo a média anual para que todos possam realizar suas extensões contratuais no valor proposto.


O contrato de Mahomes será mais caro a partir de 2023, ano em que o de Chris Jones se encerra.

Travis Kelce receberá uma maior quantia em seus últimos anos, 2020 pagará ao jogador 9,2 milhões, 2021 13,2 e 2022 7,5. Em 2024 e 2025 o valor pesa para 15 e 17 milhões, mas isso não é um problema pois Jones já teria encerrado seu vínculo com o time.

O cap hit de Chris Jones não afetará os pagamentos de Kansas City pois Patrick Mahomes pesa a folha salarial no quesito apenas em 2023.


No texto do link citado acima, comentei sobre o aumento do teto salarial da NFL devido à extensão de jogos na temporada regular e nos playoffs; os Chiefs contam com esse aumento para para conduzir melhor o contrato dos atletas na folha salarial.


Um esquema muito bem planejado para encaixar os jogadores na folha salarial da forma mais "barata" possível. Meus parabéns à diligência do time.

imagem via kckingdom.com

A pandemia afetará os pagamentos da NFL?


Esse é um assunto de difícil de chegar a uma conclusão pois não sabemos por quanto mais a pandemia irá se estender. Várias equipes vetaram a entrada de torcedores nos estádios em 2020, isso pode fazer com que a NFL aumente o preço que as emissoras pagam para transmitir as partidas. Anúncios nas arquibancadas serão comuns nos jogos, esta será uma das formas da NFL minimizar os prejuízos.

É provável uma redução na remuneração dos jogadores, mas nada foi oficializado.


Os Chiefs não tem muito espaço na folha salarial, porém tem Patrick Mahomes por mais dez anos, Chris Jones por mais quatro anos e Travis Kelce por também mais quatro anos está de bom tamanho. Três jogadores de primeira prateleira garantidos por um bom tempo na equipe que, com os mesmos, venceu o Super Bowl LIV.

"TEEEMOS UM DJOGO EM KANSAS CITY!!!!"


Todas as informações contratuais citadas foram retiradas dos sites: spotrac.com e overthecap.com


por Gabriel de Campos

Me siga no Instagram em @hailmarybrasil e no Twitter em @hailmarybr