• Igor Castro

Jogos interessantes que não vão passar na TV, semana 4 da NFL



Mais uma semana da NFL chega e não poderia ser diferente, teremos mais uma rodada cheia partidas interessantes. Porém, vou mais uma vez destacar aqueles jogos que foram deixados de lado pela TV, e só passaram no Game Pass da NFL e naqueles links que estão disponíveis na internet. E deixo aqui mais uma vez a minha sugestão (apesar que os jogos da TV não serem tão atrativos) de acompanhar um jogo no PC, de preferência algum daqueles que eu indicar, e ver outro na TV, você não vai se arrepender. Com isso posto, vamos as sugestões deste colunista para a semana 4 da NFL.


Cleveland Browns (2-1) @ Dallas Cowboys (1-2) - 14h


Esse duelo promete ter dois quarterbacks que buscam afirmação e querem dar uma resposta aos críticos. Pelo lado do Dallas, Dak Prescott vem tendo atuações até que seguras e eficientes, e isso se reflete nos números. Até aqui Prescott tem 1.118 jardas, cinco passes para touchdown e duas interceptações. No entanto, esses bons números não foram suficientes para equipe estar com uma campanha positiva, e gerou uma crítica do dono do Cowboys, Jerry Jones a Prescott, ao dizer que o QB não tem capacidade de virar uma partida na última campanha da sua equipe.


Mas na visão deste colunista, não é somente Prescott que é o culpado por tudo. Acho que a transição de head coach, com a saída de Jason Garrett e a chegada de Mike McCarthy ainda não foi consolidada, fora que McCarthy tem tomado decisões no tanto quanto em chamadas de ataque equivocadas, algo que era recorrente em Green Bay. Todavia, além da falta de entrosamento no ataque, a defesa do Cowboys não está com desempenho convincente, isso devido a baixas por lesões e saída de jogadores na offeseason.

Em busca de uma vitória maiúscula sobre os Browns, Dak Precostt quer dar uma resposta a Jerry Jones dono do Cowboys. Foto: Ryan Michalesko/Staff Photographer

Já Baker Mayfield que está no seu terceiro ano de NFL, precisa também mostrar que pode ser o cara e o quarterback que o Browns tão procurava. Não por acaso, o Cleveland passou por mudanças, desde o general manager ao novo staff técnico. Coube a Kevin Stefanski a dar um upgrade ao ataque do Browns, e assim possibilitar que Mayfield consiga se firmar como um bom quarterback na NFL e assim aproveitar melhor as armas que tem, como os wide receivers Odell Beckham Jr e Jarvis Landry.


Mas como está ocorrendo no Cowboys, o entrosamento entre head coach e QB ainda não é a ideal. Isso se reflete nos números dos recebedores até aqui, com Landry tendo apenas 143 jardas recebidas e nenhum touchdown marcado e Odell fou um pouco melhor com 155 jardas e um touchdown. Contudo, se o ataque aéreo ainda não é o ideal, o ataque terrestre está a todo vapor. A dupla de running backs, Nick Chubb e Kareem Hunt, tem até aqui, a dupla tem 500 jardas terrestres e cinco touchdowns. Um duelo interessante a ser ver, o ótimo ataque aéreo do Cowboys contra o excelente jogo terrestre do Browns.


Indianapolis Colts (2-1) @ Chicago Bears (3-0) - 14h


Esse duelo teremos duas equipes embaladas, já que vem de duas semanas com vitórias conquistadas de forma consecutiva. No Bears, apesar de estar invicto com Mitchell Trubisky de titular, o QB foi substituído pelo reserva Nick Foles contra o Atlanta Falcons. A equipe estava perdendo até o momento em que Foles entrou em campo e com boas jogadas do novo QB, o Bears virou a partida e venceu o Falcons 30x26. E para encarar os Colts, o técnico Matt Nagy confirmou Foles como quarterback titular do Bears nesse domingo.


A tendência é que o ataque do Bears possa se consolidar com Foles, já que há bons recebedores, entre eles o wide receiver Allen Robinson e Anthony Miller, o tight end veterano Jimmy Graham e o running back David Montgomery. O trio de recebedores foi fundamental contra o Falcons, já que ao todo foram quatro touchdowns marcados, sendo um para Robinson e Miller (esse anotado para a vitória do Bears) e dois Graham, além de contribuírem para 193 jardas recebidas, dando uma imprevisibilidade ao ataque do Bears.

Em sua estreia pelo Bears, Nick Foles vira o jogo contra o Falcons e assim garantiu a posição de titular contra o Colts. Foto: Athlon Sports

No Colts, Philip Rivers vem de duas atuações bem convincentes e que geraram frutos ao Colts, já que foram duas vitórias nas duas últimas semanas. No domingo passado, a equipe enfrentou o bagunçado New York Jets e tomou conhecimento e colocou um 36x7 sobre o time de Sam Darnold. Rivers tentou 21 passes e acertou 17, teve 217 jardas passadas e um touchdown marcado. Outros dois nomes importantes nesse jogo foi o do running back calouro Jonhatan Taylor que teve 59 jardas terrestres e um touchdown, e o tight end Mo Alie-Cox que teve 50 jardas e um touchdown.


Se o ataque vem mostrando respostas, a defesa do Colts também vem dando indícios de que pode complicar demais a vida dos adversários. Contra o Jets, foram dois sacks em cima de Darnold, porém teve três interceptações, das quais duas foram retornadas para touchdown, sendo as duas foram feitas por dois atletas recém chegados, um feita pelo cornerback Xavier Rodhes, que percorreu 47 jardas até a endzone e a outra foi ocasionada pelo cornerback TJ Carrie que retornou 44 jardas para TD. Ou seja, o duelo das defesas de Colts e Bears contra os ataques serão algo curioso a se ver.


Minnesota Vikings (0-3) @ Houston Texans (0-3) - 14h


Por fim, minha dica final é mais uma vez o duelo que marca os desesperados na NFL, tendo Vikings e Texans ainda sem conhecer e sentir o gostinho da vitória na atual temporada. No Vikings, o primeiro triunfo na temporada quase venho no jogo passado, quando encarou o Tennessee Titans. A equipe foi bem até um certo momento do jogo, com o QB Kirk Cousins tendo uma ótima performance até então e a equipe chegou a abrir a 24x9 sobre o Titans.


E olha que o wide receiver calouro Justin Jefferson, escolha de primeira rodada do Vikings no Draft de 2020, teve sua melhor atuação até aqui, tendo 175 jardas recebidas em sete recepções e um touchdown marcado. No entanto, essa boa atuação do ataque não foi suficiente para manter a vantagem até o fim, e mais uma vez a defesa do Vikings foi mal, e cedeu vários pontos ao Titans, no segundo tempo. Tanto que o running back Derrick Henry teve 119 jardas terrestres e dois TDs e o wide receiver Kalif Raymond teve 118 jardas em apenas três recepções.

Em meio a tantas mudanças no ataque, Deshaun Watson tem que se adaptar o mais rápido possível pra salvar a temporada do Texans. Foto: Tim Warner

Já o Texans não conseguiu vencer ainda por causa de circunstâncias diferentes, a mais provável é a tabela complicada até aqui que a equipe teve que encarar. A estreia foi contra o atual campeão do Super Bowl, o Kansas City Chiefs, na semana seguinte encarou o Baltimores Ravens e no domingo passado, teve a dura missão de duelar contra o Pittsburgh Steelers. E isso em meio a tantas mudanças no ataque, o Texans se viu em uma encruzilhada e não conseguiu triunfar em 2020. Das três partidas até aqui, contra o Steelers a vitória ficou mais perto, tanto que o Texans perdeu por uma posse, por 28x21.


Na temporada, mesmo com as dificuldades, Deshaun Watson vem se esforçando e tentando encaixar ao novo sistema. Não por acaso o QB teve sua melhor atuação até aqui, 264 jardas passadas, dois passes para touchdown, uma interceptação e um rating de 110.7. Os recém chegados, o running back David Jonhson e o wide receiver Randall Cobb foram os que mais contribuíram contra o Steelers. Johnson teve 46 jardas de scrimmage e um TD anotado e Cobb teve 95 jardas recebidas e TD marcado. Entretanto, se não bastasse a tabela e instabilidade do ataque, a linha ofensiva continua sendo um problema para o jogo de Watson, até aqui foram nove sacks sofridos pelo QB.