• Igor Castro

Jogos interessantes que não vão passar na TV, semana 10 da NFL

A semana 10 da NFL chegou e vários jogos acontecem neste domingo. E com a afunilamento da temporada regular, alguns jogos terão alto teor de importância, já que podem definir os rumos de quem vai aos playoffs. E como de praxe nessa coluna, frisarei alguns jogos interessantes não terão transmissão da TV, e se você gostar das dicas poderá acompanhar algum dessas partidas na internet. Com isso posto, vamos as sugestões deste colunista para a semana 10 da NFL.


Tampa Bay Buccaneers (6-3) @ Carolina Panthers (3-6) - 15h


A NFC Sul terá mais um duelo de divisão, entre Buccaneers e Panthers. As duas equipes vem de derrota, porém, cada uma levando o revés de formas diferentes. O Bucs, foi derrotado de forma massacrante pelo outro rival de divisão, o New Orleans Saints por 38x3, com Tom Brady tendo uma das suas piores atuações da carreira. Já o Panthers, saiu derrotado para o Kansas City Chiefs por 33x31, sendo que Carolina chegou a liderar o placar por 14x0 na casa dos atuais campeões da NFL.


Após uma atuação desastrosa em um jogo de horário nobre, o Sunday Night Football, o Bucs precisa demonstrar que aquela atuação contra o Saints fora algo muito fora do padrão. Em números, Brady tem um desempenho, pífio e patético, foram ao todo 209 jardas passadas, em 22 passes completados de 38 tentados, nenhum passe para touchdown e três interceptações.


Com essa performance, a tendência é de que Brady não jogue da mesma maneira contra o Panthers, mas se tem duas coisas a se observar nesse jogo são: a pressão da linha defensiva e pass rusher do Panthers sobre Tom Brady, forçando-o a passar a bola e se Brady vai entender que ele não pode ser displicente e tem que ter melhores tomadas de decisão nos passes, em especial em profundidade.

Depois de uma atuação horrível contra o Saints, Brady quer ter uma melhor performance contra o Panthers. Foto: Dirk Shadd/Tampa Bay Times

Já o Panthers, que vem também de derrota na semana 9, vem para o jogo contra o Bucs, muito motivado para tentar vencer Tom Brady e companhia. Contra o Chiefs, o Panthers teve um excelente desempenho e chegou a estar na frente de Kansas por duas posses de bola. Nesse jogo, o running back Christian McCaffrey esteve novamente em campo e contribuiu e muito para o ataque do Panthers, tendo 151 jardas de scrimmage e dois touchowns anotados, sendo um correndo e outro recebendo.


Porém, para o duelo desse domingo, com uma lesão no ombro, McCaffrey volta a desfalcar o Panthers. Então caberá mais uma vez ao running back Mike Davis substituir a maior estrela de Carolina, além de Teddy Bridgewater que vem tendo uma temporada bem regular até aqui. No jogo contra o Chiefs, Bridgewater teve 310 jardas, dois passes para touchdown, outro correndo e nenhum turnover. Será interessante ver como Bridgewater vai atuar contra essa defesa consistente do Bucs, já que até aqui o QB vem protegendo bem a bola.


Buffalo Bills (7-2) @ Arizona Cardinals (5-3) - 18h05


Aqui teremos o duelo entre duas franquias de conferências diferentes, Bills pela AFC e o Cardinals pela NFC. Buffalo vem para esse duelo com o peito estufado, já que venceu o Seattle Seahawks com certa autoridade pelo placar de 44x34, com Josh Allen revivendo bons momentos de início de temporada. Por outro lado, o Cardinals vem de uma derrota dentro dos seus domínios por 34x31 para o Miami Dolphins do quarterback calouro Tua Tagovailoa, que fez só seu segundo jogo na NFL.


O Bills está tendo uma campanha bem sólida até aqui, e não por acaso está liderando a divisão da AFC Leste. Na semana passada, a equipe foi muito bem e teve um domínio absurdo sobre o Seahawks, com Josh Allen liderando o ataque e tendo um desempenho excelente. Em números, o QB de Buffalo teve 415 jardas passadas, de 31 passes completados de 38 tentados e conectou três passes para touchdown e não teve nenhum turnover.

Além da boa atuação de Allen, a defesa do Bills enfim apareceu na temporada. A linha defensiva foi muito bem, gerando pressões pelo meio e o bom pass rusher nas laterais acabavam encurralando Russell Wilson que foi forçado a passar e assim teve duas interceptações e foi sacado por cinco vezes. Vamos ver se essa performance da defesa do Bills contra Seattle se repetirá contra o Cardinals, já que terá que enfrentar um QB com características parecidas com a de Wilson, porém, Murray é um pouco mais veloz em corridas.

Allen quer manter a bom desempenho contra o Seahawks e vencer a oitava com o Bills na temporada. Foto: Jasen Vinlove-USA TODAY Sports

Com a derrota no último domingo, o Cardinals que joga pela segunda semana seguida em casa, precisa vencer novamente para se manter vivo na busca de uma das vagas nos playoffs. Apesar da derrota para o Dolphins, a equipe de Arizona foi bem, tendo mais uma boa atuação do quarterback Kyler Murray. Ao todo, 283 jardas passadas, três passes para touchdown, outro correndo e nenhum turnover sofrido. Dessas 283 jardas lançadas, 123 foram recebidas pelo wide receiver Christian Kirk que também anotou um TD.


E vencer o Bills se tornou algo fundamental para o Cardinals se quer ainda ter uma das vagas aos playoffs. Um desempenho melhor da defesa de Arizona, poderá ser o fator chave desse jogo, já que contra o Dolphins, ela poderia ter lidado melhor com Tua que em vários momentos do jogo não teve pressão para passar e não foi forçado a errar passes e forçar interceptações. Contra o Allen, que está entre os lideres em jardas passadas, será essencial a defesa do Cardinals forçar turnovers se quiser vencer o Bills.


Los Angeles Chargers (2-6) @ Miami Dolphins (5-3) - 18h05


Por fim teremos um duelo entre os dois quarterbacks calouros vindo do último Draft, Justin Herbert pelo Chargers e Tua Tagovailoa pelo Dolphins. Apesar das boas atuações de Herbert na temporada, o Chargers não vem tendo uma campanha boa e com isso amarga um recorde negativo, a última derrota foi para o rival de divisão, o Las Vegas Raiders por 31x26. Já o Dolphins vem de vitória fora de casa contra o Cardinals com atuação muito segura de Tagovailoa, sendo apenas sua segunda na NFL.

Se o Chargers vem tendo uma temporada ruim, não se pode dizer a mesma coisa para o quarterback Justin Herbert. Desde que entrou de titular, o QB vem tendo atuações relevantes, com números expressivos e conseguindo deixar o Chargers competitivo e com chances de vitória. Porém, elas não vem, como aconteceu na semana passada. O time até chegou a liderar contra o Raiders, mas no fim tomou mais uma virada. Contudo, Herbert foi bem mais uma vez, 326 jardas lançadas e dois touchdowns e wide receiver Keenan Allen, o principal alvo, com 103 jardas e 1 TD.


E não bastasse os problemas na temporada, com um recorde negativo, o Chargers não terá um dos seu principais jogadores de defesa disponível, estou falando do pass rusher Joey Bosa que está lesionado. Além dele, o running back Justin Jackson também está fora e é mais uma arma que Herbert terá a menos para liderar o seu ataque. No mais, o duelo de Herbert contra a defesa do Dolphins em plena ascensão na temporada será algo interessante de se ver.

Tua Tagavaiola quer vencer a terceira partida seguida na NFL e ajudar o Dolphins a ir aos playoffs. Foto: Jasen Vinlove/USA TODAY Sports

Já o Dolphins, vive um bom momento na temporada. O time vem com uma campanha positiva e com chances reais de levar a divisão, desde que vença o Bills e outros jogos dentro da divisão. E com a atuação de Tagovaiola e a defesa do Dolphins contra o Cardinals, as expectativas de o time de Miami aprontar nesse restante de temporada regular são enormes. Tua foi muito bem e seguro contra o Cardinals, ao todo 248 jardas passada e dois passes para touchdown conectado.


A defesa do Dolphins também foi bem. Apesar de ter tomado 31 pontos do Cardinals, a defesa foi decisiva em momentos chaves da partida, mesmo tendo problemas de parar corridas do Kyler Murray. Ao todo foram dois fumbles forçados, sendo um recuperado e retornado para tochdown de 36 jardas Shaq Lawson, além de um sack de Emmanuel Ogbah. Com um time mais ajeitado, Miami entra com um certo favoritismo contra o Chargers e assim pode vencer a sexta partida na temporada regular.