• Gabriel de Campos

Como surgiu o futebol americano?

Você sabe a origem do futebol americano? Talvez tenha ouvido falar que veio do rugby, o que não deixa de ser uma verdade, mas você sabe como tudo começou?

Neste texto irei introduzi-los à história do esporte contando sua origem, crescimento e popularização.


Quando tudo começou


O surgimento de um esporte inspirado no rugby teve seu marco inicial na partida entre os times universitários de Harvard e Yale, no fim do século XIX. A partida teve um imprevisto: Enquanto um dos times jogava de forma parecida com o futebol europeu o outro trazia as características do rugby. Um meio termo deveria ser estabelecido para que houvesse um jogo com regras. A solução foi misturar, assimilando as regras dos dois esportes.

Estava surgindo a ideia de um novo esporte. Criou-se uma organização para administrar a nova modalidade, a Intercollege Football Association. Inicialmente composta pelas universidades de Columbia, Harvard, Princeton e Yale. Essas universidades se uniram para decidir as regras oficiais, partindo do sistema de jogo do rugby e adotando uma nova contagem de pontos.



Partida de futebol americano disputada entre Harvard e McGill em 1874 (via Wikipédia)


Em 1887, Walter Camp criou a regra da linha de scrimagge e das descidas. Originalmente eram três descidas para cinco jardas. Além disso Camp inventou o sistema de jogo que conhecemos hoje, onze jogadores, sete homens na linha, um quarterback, dois halfbacks e um fullback.

Em 1912 foi feita a alteração na regra de descidas para dez jardas em quatro tentativas. Inclusive nesse mesmo ano foi alterado o valor de um touchdown, de cinco pontos passou a valer seis.

Na década de 1890, os treinadores passaram a utilizar formações ofensivas entrecruzadas, as criss-cross formations. Após isso o futebol americano passou a ser mal visto devido ao excessivo número de lesões causadas nos praticantes do mesmo. Em 1905 dezoito jogadores vieram a óbito em campo, mesmo com algumas medidas de precaução implementadas. O esporte quase foi banido pelo presidente americano da época, Theodore Roosevelt. Ele informou às universidades de que o esporte deveria ter mudanças em suas regras para torná-lo mais seguro. No entanto, apenas em 1910 as criss-cross formations foram abolidas.


Conquistando seu espaço


No ano de 1920 o futebol americano começou a ter maior dinâmica e ganhar popularidade, iniciando-se o processo de profissionalização. Nesse mesmo ano foi criada a APFC, American Football Professional Conference; hoje mundialmente conhecida por NFL.

Nessa época ainda não havia times fixos, uns entravam e outros saiam ao longo das temporadas. Porém desde o início duas equipes estiveram em campo: Chicago Cardinals (hoje conhecida por Arizona Cardinals) e Decatur Staleys (atual Chicago Bears). Apenas em 1933 os donos da liga decidiram que iam empregar uma estabilidade na permanência dos times, tornando-a mais profissional e estruturada.

Nessa época o baseball era o esporte mais popular do país e assim que novos times foram se instalando na liga, o futebol americano aos poucos foi conquistando fãs. Foi nesse momento que Philadelphia Eagles, Pittsburgh Steelers (na época Pittsburgh Pirates), Washington Redskins ( o então Boston Braves), Los Angeles Rams (conhecido por Cleveland Rams) e Green Bay Packers surgiram no cenário do futebol americano.



Time de futebol americano dos primeiros anos do século XX (via Wikipédia)


Dando um salto ao longo dos anos, vamos para a década de 1950, um período em que o futebol americano já tinha um espaço maior no coração dos fãs de esporte. Os jogos tinham mais público, tanto nos estádios quanto nas televisões e rádios.

Em 1958 houve um jogo muito marcante para o esporte. A final do campeonato (que ainda não tinha o nome de Super Bowl) ia ser decidida por Baltimore Colts (atualmente Indianápolis Colts) e New York Giants. Essa partida bateu recordes de audiência introduzindo muito mais pessoas ao esporte. Só para não deixá-los curiosos, os Colts venceram aquele jogo por 23 x 17, no Yankee Stadium (Nova Iorque).

O futebol americano é repleto de grandes histórias e você pode ter certeza que trarei muito mais para vocês! Fiquem atentos para não perderem os próximos envios aqui do Home Esportes.


Por Gabriel de Campos

@hailmarybrasil no Instagram e @hailmarybr no Twitter

  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle