• Heitor Santos

Cleveland Indians cogita trocar nome da franquia


Com o time de futebol americano Washington Redskins lançando um plano para a troca do nome da franquia, a mesma ideia surgiu em Cleveland, com o time dos Indians pronto para abrir a discussão da troca de nome.

O time de Cleveland foi um dos 8 times originais na criação da American League em 1901, porém, na época o nome do time era Cleveland Bluebirds. O clube só foi renomeado para Indians em 1915, com a ideia de homenagear o jogador Louis Sockalexis, um jogador de origem indígena que jogou por Cleveland de 1897 até1899.

A ideia de trocar o nome do clube se deve ao fato do teor racista que o termo Indians carrega, os Indians estão dispostos a conversar com a comunidade de nativos americanos, fãs, jogadores e membros da diretoria antes de tomar uma decisão.

Os Indians vêm fazendo ações para diminuir o teor racista da imagem do time. Em 2019, o time resolveu abandonar o logo e o mascote Chief Wahoo, que era uma caricatura de um índio representado de forma preconceituosa.


Em 2019, ao invés de ter um emblema na manga, os Indians decidiram carregar o símbolo do All-Star Game que ocorreu em Cleveland. A ideia do clube era anunciar sua identidade visual nova no inicio da temporada 2020, mas com tudo que aconteceu atrasando a temporada desse ano, a revelação do logo será adiada por mais uns meses.

Cleveland será um dos 5 times que não usam nenhum emblema na manga, os outros times são os Yankees, Cardinals, Tigers e Blue Jays.


O uniforme do time terá um C vermelho no boné e a clássica escrita do nome do time ou da cidade no meio da camisa.