• Heitor Santos

Angels dispensando funcionários e olheiros agressivamente perto do draft.


Créditos: StarNews Pasadena

Com a crise econômica causada pelo novo Coronavírus, os times da MLB procuram formas de passar por isso com as menores perdas possíveis. Porém, a forma que os Angels estão encarando o problema deixou muitos times da liga confusos.

O clube, que tem uma receita alta, resolveu dispensar seus funcionários e scouts semanas antes do draft de amadores, que ocorre em junho.

Os funcionários serão oficialmente dispensados no dia primeiro de junho, apenas nove dias antes do recrutamento.

Essa perda de mão de obra, mesmo que temporária, vai em total contrapartida na ênfase dos Angels de reconstruir seu sistema das minor leagues.

Os scouts que estão sendo dispensados são os profissionais que menos recebem no mundo do beisebol, com salários de US$40.000 até US$100.000.

Os olheiros dos Angels recebem em média 75 mil dólares, mantê-los dispensados por duas semanas, salvaria menos de 50 mil para os cofres do time.

O draft desse ano terá apenas 5 rodadas em vez das habituais 40.

Os scouts também ajudam a estipular um bom preço para o bônus dos jogadores draftados, fazendo o time poupar um bom dinheiro com as escolhas do draft.

Os Angels disseram que irão doar um milhão de dólares para o fundo de assistência para funcionários.

Alguns outros times vão segurar seus funcionários até o fim de junho, quando serão dispensados caso não haja a volta do beisebol.


Créditos: The Associated Press

Fonte: The Athletic